Blogue seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Olá, sejam bem-vindas e bem-vindos a este espaço, diariamente renovado desde 2006.Sintam-se bem e regressem sempre. Índico abraço.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

24 Novembro 2014

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (13)

Da esquerda para a direita: Armindo Ngunga (Director do Centro de Estudos Africanos), Almiro Lobo, Teresa Manjate, Patrícia Gomes (conferencista convidada), Mónica Frederico, Carlos Arnaldo (director adjunto do CEA para a investigação) e Susana Maleiane.
Da esquerda para a direita: Susana Maleiane, Carlos Serra, Almiro Lobo, Mónica Frederico, Patrícia Gomes, Teresa Manjate, Carlos Arnaldo e Olívia Chiziane.

Resultados eleitorais e teses preguiçosas (9)

Nono número da série. Trabalhando sempre com hipóteses, termino o terceiro ponto dos seis pontos sugeridos aqui, a saber: 3. O mundo das teses preguiçosas nos media. Baseada numa numerosa equipa e apoiada por uma bateria de métodos e técnicas (algumas delas aplicadas pela primeira no país, designadamente a técnica do painel, escalas de atitudes, análise de conteúdo discursivo, rumores e diferencial semântico), a pesquisa que dirigimos furtou-se ao simplismo das teses monofactoriais e sugeriu uma chave cognitiva multidimensional, combinando dinâmicas globais e  locais. Apesar da busca de profundidade analítica, não nos furtámos, porém, à crítica de alguns dos nossos resultados. (vide Serra, Carlos [dir], Eleitorado incapturável, Eleições municipais de 1998 em Manica, Chimoio, Beira, Dondo, Nampula e Angoche. Maputo: Livraria Universitária, 1999, passim)

No "Savana" 1089 de 21/11/2014, p.19

Se quiser ampliar a imagem, clique sobre ela com o lado esquerdo do ratoNota: "Fungulamaso" (abre o olho, está atento, expressão em ShiNhúnguè por mim agrupada a partir das palavras "fungula" e "maso") é uma coluna semanal do "Savana" sempre com 148 palavras na página 19. A Cris, colega linguista, disse-me que se deve escrever Cinyungwe. Tem razão face ao consenso obtido nas consoantes do tipo "y" ou "w". Porém, o aportuguesamento pode ser obtido tal como grafei.
Adenda: também na rubrica Crónicas da minha página na "Academia.edu", aqui.

Direitista e esquerdista

De Frei Betto: "Direitista visceral e esquerdista fanático – os dois são perfeitos idiotas. O direitista padece da doença senil do capitalismo e o esquerdista, como afirmou Lênin, da doença infantil do comunismo." Aqui.

23 Novembro 2014

O Facebook é o ópio do ciberpovo

A hipótese é a de que a página confessional é a mais comum no Facebook, a mais popular, a mais praticada, a mais desejada. Através dela, as pessoas dizem claramente que existem, que têm uma personalidade, uma voz, mais raramente uma foto real (o anonimato é frequente), uma maneira de pensar, um determinado corpo, um conjunto de gostos de vários tipos. Viagens, fotos, feitos, receitas culinárias, ditos, chistes, anedotas, extractos de vida, confissões, citações, símbolos de riso ou de crítica: há todo um mundo variado de acções e de reacções. As pessoas saiem do círculo físico dos laços familares e do grupo de amigos para entrar no círculo sem fim dos amigos digitais. Mas não só: o Facebook permite quer o reencontro de velhas amigas e de velhos amigos, quer a passagem dos amigos digitais aos amigos físicos, quer, ainda, a reaproximação de parentes distantes. A página confessional provavelmente serve para combater a solidão e o isolamento em particular nas pessoas acima dos 60 anos, dando um sentido permanente à vida. E, no geral, parece fornecer a sensação, quase gustativa, de popularidade instantânea. O Facebook é o ópio do ciberpovo.
Nota: imagem extraída daqui.

Faleceu Maria Inês Nogueira da Costa

Faleceu hoje Maria Inês Nogueira da Costa, Vice-Reitora da A Politécnica e ex-directora do Arquivo Histórico de Moçambique e da Direção de Cultura da Universidade Eduardo Mondlane. Paz à sua alma.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (12)

Em epígrafe, momento de uma intervenção do Director do Centro de Estudos Africanos, Professor Catedrático Armindo Ngunga.
Cada um dos participantes na conferência recebeu uma pasta contendo vários documentos, entre os quais um livro com 160 páginas - imagem em epígrafe - contendo os resumos de todas as comunicações programadas.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (11)

Momentos nos lanches

22 Novembro 2014

22 de Novembro de 2014

A 22 de Novembro de 2000 - faz hoje, portanto, 14 anos -, o jornalista Carlos Cardoso foi assassinado com cinco balas de AK-47 quando saía, tarde terminada, do seu jornal, o metical, na cidade de Maputo. Assim morreu, com 49 anos, um dos mais corajosos jornalistas moçambicanos na luta contra a corrupção. Ontem como hoje, a sigla de Cardoso mantém-se: é proibido pôr algemas nas palavras. Portal que lhe é dedicado, aqui. "Soluções informais" - eis o título de um texto da sua autoria, escrito em 1996 e publicado num livro saído sob minha direção em 1998 (Serra, Carlos, Estigmatizar e desqualificar/Casos, análises, encontros. Maputo: Livraria Universitária, 1998, pp. 27-44), confira aqui.
Adenda: cerimónia hoje, às 18 horas, na Avenida Mártires da Machava, junto ao Parque dos Continuadores.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (10)

João Carlos Colaço, o autor deste blogue e Rosália Diogo do Brasil.

BPI analisa economia moçambicana

O Banco Português de Investimentos analisa a economia moçambicana no seu boletim de Outubro do corrente ano, aqui. Abaixo, um extracto:

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (9)

Em epígrafe, alguns dos participantes na tradicional foto de família.
De prevenção, membros da Cruz Vermelha e dos Bombeiros.

"À hora do fecho" no "Savana"


Na última página do semanário "Savana" existe sempre uma coluna de saudável ironia que se chama "À hora do fecho". Naturalmente que é necessário conhecer um pouco a alma da vida local para se saber que situações e pessoas são descritas. Segue-se um extracto reproduzido da edição 1089, de 21/11/2014, disponível na íntegra aqui (o tema do extracto está na página 8):
Nota: de vez em quando perguntam-me por que razão o ficheiro está protegido com senha e marca de água. Resposta: para evitar que os ávidos parasitas do copy/paste/mexerica o copiem, colocando-o depois no seu blogue ou na sua página de rede social digital com uma indicação malandra do género "Fonte: Savana". Mas, claro, um ou outro é persistente e consegue transcrever para o word certos textos, colocando-os depois no blogue ou na rede social, mas sem mostrar o verdadeiro elo. Mediocridade, artimanha e alma de plagiador são infinitas.

21 Novembro 2014

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (8)

Olívia Chiziane, membro da Comissão Organizadora e mestre de cerimónia.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (7)

Da esquerda para a direita: o autor deste blogue (presidente da Comissão Organizadora) de Moçambique, Almiro Lobo de Moçambique, Patrícia Gomes da Guiné-Bissau e Albie Sachs da África do Sul. 

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (6)

Cantor e guitarrista Pedro Tinga (estudante finalista da Universidade Eduardo Mondlane) actuando num dos muitos momentos culturais da conferência. Voz magnífica.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (5)

Parte da assistência na sessão inaugural de quarta-feira.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (4)

Mestres de cerimónia da conferência, Almiro Lobo e Olívia Chiziane.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (3)

Sessão inaugural na quarta-feira, da esquerda para a direita: Director do Centro de Estudos Africanos, Armindo Ngunga; esposa de Albie Sachs; conferencista Albie Sachs; Reitor da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Orlando Quilambo; conferencista Patrícia Gomes; Vice-Reitor da UEM para Administração e Recursos, Ângelo Macuácua.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (2)

Albie Sachs na conferência inaugural de quarta-feira, Patrícia Gomes na segunda conferência ontem.

Fotos da III Conferência Internacional do Centro de Estudos Africanos (1)

Reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Prof. Doutor Orlando Quilambo, entregando o certificado de participação ao Doutor Albie Sachs, conferencista no primeiro dia da conferência.
Reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Prof. Doutor Orlando Quilambo, entregando o certificado de participação à doutora Patrícia Gomes, da Guiné-Bissau, conferencista no segundo dia da conferência.